Adaptações de obras de Bernardo Élis, Miguel Jorge e Rachel de Queiroz estão em cartaz de 1 a 6 de agosto no Goiânia Ouro

Na história do cinema, a literatura e a narrativa cinematográfica sempre dialogaram de maneira prolífica, consagrando obras de ambas as mídias. É o encontro entre essas duas linguagens que o FestCine Goiânia irá discutir em sua próxima Mostra Cinema e Literatura, de 1 a 6 agosto, no cinema do Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro.

“É uma oportunidade do público conferir no cinema essa obra literária de grande valor, ampliando assim seu entendimento e valorizando a produção literária goiana e brasileira”, destaca a produtora executiva do festival, Débora Tôrres.

Entre os quatro filmes que integram a mostra, três são baseados em obras de escritores goianos – Veias e Vinhos, no romance homônimo de Miguel Jorge; O Tronco, de Bernardo Élis; e o filme Terra de Deus, inspirado no conto A Enxada, também de Bernardo Élis. O outro título é O Quinze,baseado no primeiro romance da escritora Rachel de Queiroz.

Serão duas sessões diárias, às 15 e às 20 horas, com entrada franca. Como a maioria das obras adaptadas da mostra fazem parte currículo das escolas goianas, as mesmas poderão fazer agendamentos de horários, reservando lugares nas sessões que compartam até 217 pessoas.

Programação:

Dia 1 de agosto
20h – Veias & Vinhos – Uma História Brasileira

Dia 2 de agosto
15h – Veias & Vinhos – Uma História Brasileira
20h – Terra de Deus

Dia 3 de agosto
15h – Terra de Deus
20h – O Tronco

Dia 4 de agosto
15h – O Tronco
20h – O Quinze

Dia 5 de agosto
15h – O Quinze
20h – O Tronco

Dia 6 de agosto
15h – Terra de Deus
20h – Veias e Vinhos – Uma História Brasileira

Serviço:

VIII Festicine Goiânia – Mostra Cinema e Literatura
De 1 a 6 de agosto de 2017.
Local: Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro (Rua 3, esquina com Rua 9, 1016, Centro)
Sessões: 15h e 20h
Entrada franca
* Agendamento para Escolas: (62) 99625-6643 – Débora Tôrres

Sinopses e fichas técnicas:

VEIAS & VINHOS – Uma história brasileira

Ficha técnica
Veias e Vinhos – Uma História Brasileira
Drama, 99 min, Classificação etária 14 anos
Produção: 2005
Direção: João Batista de Andrade

Sinopse:
No começo dos anos 1960, Mateus e sua esposa Antonia inauguram o Armazém Brasi, em Goiânia. No dia da inauguração, a polícia invade o estabelecimento e prende um homem conhecido por Flexa. A cena marca para sempre a vida do casal que, às vésperas do golpe militar de 1964, é violentamente assassinada. Baseado no romance ‘Veias e Vinhos’, de Miguel Jorge.

Elenco:
Leonardo Vieira, Simone Spoladore, Zé Carlos Machado, Ailton Graça, Antônio Petrin, Celso Frateschi, Eva Wilma, José Dumont, Marcos Cesana, Celso Frateschi.

produção: João Batista de Andrade por Oeste Filmes Brasileiros LTDA
roteiro adaptado: João Batista de Andrade e Miguel Jorge
direção de fotografia: Hugo Kovenski
direção de arte: Vinicius Andrade e Mônica Palazzo
figurino: Yuli Feisthauer
maquiagem: Terezinha
montagem: Fernando Andrade
som direto: Louis Robin
edição sonora: Miriam Biderman
mixagem: Alan Stoll
trilha sonora: Julio Medaglia
Distribuidora: PoliFilmes

TERRA DE DEUS, de Iberê Cavalcanti

Baseado livremente na obra de Bernardo Élis “ A ENXADA “ o filme conta a saga de um caboclo do interior de Goiás chamado Supriano ou piano, que tem de fazer uma plantação de arroz. Será punido se não terminar na data combinada com o fazendeiro, mas ele não tem uma enxada.

Ficha técnica:
Drama: 122′ -Classificação etária: 14 anos.
Produção: Interaction
Roteiro: Iberê Cavalcanti, inspirado livremente no conto “A Enxada” de Bernardo Élis; Fotografia: Jorge Monclar
Montagem: Renato Schvartz
Música: André Moraes
Som Direto: Juarez Dagoberto
Diretor de Som: Roberto Carvalho
Consultor de Arte: Siron Franco
Cenografia: Tião Fonseca e Shell Jr.
Figurinos: Paula Brandão
Distribuidora: Imovision

Elenco:
Stepan Nercessian, Lucélia Santos, Marcelo Moraes, Marcela Moura, Rinaldo Genes
Murilo Grossi, Marcos Fayad

Prêmios:
:: Melhor Filme no Festival de Cinema de Maringá (Paraná).
:: Melhor Diretor no Festival de Cinema de Maringá (Paraná).
:: Melhor Ator no Festival de Cinema de Maringá (Paraná).
:: Melhor Atriz no Festival de Cinema de Maringá (Paraná).
:: Melhor Filme no Festival de Cinema de Natal (RN).
:: Melhor Direção de Arte no Festival de Cinema de Natal (RN).
:: Melhor Música no Festival de Cinema de Natal (RN).

O TRONCO de João Batista de Andrade

SINOPSE
Baseado na obra de Bernardo Élis a ação se passa em 1919, no interior do Estado de Goiás e narra a disputa pelo poder entre grandes fazendeiros do Sul, que comandam o Governo, e coronéis do Norte do Estado. O coletor de impostos Vicente Lemos, homem de confiança do Governo, é enviado para a região a fim de combater o domínio absoluto exercido pela família do patriarca Pedro Melo, cujo filho é ex-deputado e ex-aliado dos coronéis sulistas. Vicente é desrespeitado e sua coletoria incendiada. Ele comunica o fato ao Governo, que envia para a região Norte uma tropa com soldados comandada pelo astuto e carreirista Juiz Carvalho que manda invadir a fazenda.

FICHA TÉCNICA

Pais: Brasil
Gênero: Drama, 109 minutos
Direção:João Batista de Andrade
Roteiro:João Batista de Andrade
Produção:Assunção Hernandes
Música Original:Tavinho Moura
Fotografia:Jacques Cheuiche
Edição: Renato Neiva Moreira
Direção de Arte:Vinícius Andrade
Figurino:Moacyr Gramacho
Maquiagem:Antônio Pacheco
Efeitos Sonoros:Juarez Dagoberto Costa

ELENCO

Antônio Fagundes, Ângelo Antônio, Chico Diaz, Letícia Sabatella, Rolando Boldrin, Cida Mendes, Augusto Pompeo, Breno Moroni, Mauri de Castro, Paulo Vespúcio, Júlio Vann, André Pimenta, Mariane Vicentini, Guilherme Reis, Henrique Rovira, Fernanda Ivar, Wellington Dias, Itamar Gonçalves
Luzia Divina, Luiz Antônio Godinho, Ana Flor, Elite da Costa Gonçalves, Cirilo Tovar Filho, Graça Veloso.

PRÊMIOS
Festival de Cinema do Recife, Brasil
Troféu Passista de Melhor Direção (João Batista de Andrade)
Festival de Brasília
Melhor filme (Comissão Brasil 500 anos)
Troféu Candango de Melhor Ator Coadjuvante (Rolando Boldrin)

O QUINZE, de Jurandir Oliveira

Em 1915 acontece a grande seca que dizimou boa parte da população pobre do Ceará. A jovem professora Conceição que trabalha em Fortaleza, passa as férias na fazenda de sua avó, Mãe Inácia no município de Quixadá. Nesse cenário, as vidas de duas famílias (uma rica e outra pobre) se cruzam quando a professora Conceição e seu primo Vicente nutrem um pelo outro um amor platônico. Chico Bento e sua família largam tudo que têm e rumam para Fortaleza enfrentando as dificuldades do percurso.

FICHA TÉCNICA
Drama, 97 minutos-2005
Baseado no primeiro romance de Rachel de Queiroz.
produção: Letícia Menescal por Menescal Produções

Elenco:
Karina Barum, Juan Alba, Maria Fernanda, Sônia Lira, , Jurandir Oliveira, Ângela Escudeiro, Jane Azevedo, Renata Salles, Carry Costa, Francisco, Leandro, Fancisco Leonardo, Henrique Patricius.

roteiro adaptado: Jurandir Oliveira. Adaptação do livro “O Quinze” de Rachel de Queiroz
direção de fotografia: Luiz Abramo
direção de arte: Jurandir Oliveira
figurino: Dami Cruz
maquiagem: Cristiano Caetano Pires
montagem: Luelane Loiola
som direto: Chico Bororo
edição sonora: Carlos Cox
mixagem: Ulisses Lopes e Walton Mavignier
trilha sonora: Roberto Menescal
Distribuidora: Pipa Produções

PRÊMIOS: Melhor Direção, Melhor Diretor de Arte, Melhor Som, Melhor Montagem no FestCine Goiânia 2005.

 

Categorias: mostras

Posts relacionados

cineastas

FestCine realiza masterclass com Bruno Torres

Oficina voltada para atores e outros profissionais da área aborda a linguagem cinematográfica O ator, roteirista, diretor e produtor de cinema, Bruno Torres, ministra em Goiânia, nos dias 18 e 19 de outubro, duas master Leia mais…

mostras

FestCine Goiânia recebe sessões gratuitas de cinema itinerante

Carreta do projeto Cinema Ticket Cultura participará de ações do Mutirão da Prefeitura O FestCine Goiânia, festival de Cinema realizado pela Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, recebe de 21 a Leia mais…