TIZUKA YAMASAKI

Brasileira de Porto Alegre, é produtora da Scena Filmes e Yama Audiovisual. Cineasta desde 1977, estudou cinema na UNB – Universidade de Brasília formando-se em 1975, na UFF – Universidade Federal Fluminense. Além do Cinema (Encantados, Gaijin-Caminhos da Liberdade, Parahyba Mulher Macho etc.), destacou se profissionalmente como diretora de programa na TV como : a novela Kananga do Japão/ TV Manchete, a minissérie O Pagador de Promessas e a série As Brasileiras/ TV Globo, etc.

Além do Audiovisual, também trabalhou como diretora de cena de óperas e comerciais de publicidade. Desde 1988, ministra cursos livres para atores e realizadores, além de palestrante e jurada de Festivais no Brasil e no Exterior

ALGUNS LONGAS METRAGEM
2017 – 1817 – A REVOLUÇÃO ESQUECIDA – TV ESCOLA em edição final : roteirista e diretora
2015 – ENCANTADOS– em lançamento comercial Riofilme : diretora e produtora
2010 – APARECIDA- O MILAGRE : diretora
2009 – XUXA – O MISTÉRIO DE FEIURINHA : diretora
2005 – GAIJIN- AMA-ME COMO SOU : diretora, produtora e co-roteirista
1997 – O NOVIÇO REBELDE : diretora
1990 – LUA DE CRISTAL : diretora
1984 – PATRIAMADA : diretora, co-produtora, co-roteiro e argumento
BETE BALANÇO de Lael Rodrigues : co-produtora e produtora executiva
1983 – PARAHYBA MULHER MACHO : diretora, co-produtora e co-roteiro
1980 – GAIJIN-CAMINHOS DA LIBERDADE :diretora, co-produtora, co-roteiro e argumento

MÉDIA METRAGEM
2014 – TOMIE : diretora, produtora e roteiro

MINISSÉRIES E SERIADOS
2015 – TPM – TODAS PELA MAFIA / 13 episódios – projeto em desenvolvimento
2012 – AS BRASILEIRAS / 08 episodios / TV Globo – direção
1994 – A MADONA DE CEDRO / TV Globo – direção geral – 20 capítulos
1991 – PROGRAMAS ESPECIAIS DE EDUCACAO – Serie de documentários dramatizados, realizados pela Secretaria Extraordinária de Programas de Educacão do Rio de Janeiro-/Darcy Ribeiro.
1986 – O PAGADOR DE PROMESSAS / TV Globo – direção geral – 12 capitulos

NOVELAS
1992 AMAZONIA PARTE II / TV Manchete – direção geral 144 capítulos
1990 KANANGA DO JAPÃO / TV Manchete – direção geral 205 capítulos

PRÊMIOS E FESTIVAIS

Encantados
2014 – MELHOR FILME BRASILEIRO – PREMIO DA JUVENTUDE – 38º. Mostra internacional de Cinema de São Paulo
2016 – MELHOR DIRECAO – Festival Latino Americano de Trieste/ Itália

O Pagador de Promessas
1988 – II FESTIVAL INTERN. PROGRAMAS AUDIOVISUAIS CANNES /França – Premio Fipa D’Argent

Aparecida – O Milagre
2011 – MARGARIDA DE PRATA

Gaijin Ama-Me Como Sou
2005 – FESTIVAL DE GRAMADO- CINEMA BRASILEIRO E LATINO/Brasil – Kikitos de Melhor Filme, melhor Direção, melhor Música e Atriz Coadjuvante (Aya Ono)
2005 – FESTIVAL DE BIARRITZ – Cinémas et cultures d’Amérique Latine/França.
– SAN FRANCISCO ASIAN AMERICAN FILM FESTIVAL /USA.
2006 – LOS ANGELES ASIAN PACIFIC FILM FESTIVAL /USA.

Gaijin – Caminhos da Liberdade
1985 – TOKYO INTERNACIONAL FILM FESTIVAL /Japão – Semana Filmes da Mulher
1981 – NEW DELHI INTERNATIONAL FILM FESTIVAL (Índia) – premio Melhor Filme
1981 – FILMEX – LOS ANGELES FILM EXPO /USA- Menção Honrosa
1980 – BERLIN INTERNATIONAL FILM FESTIVAL /Alemanha – Mostra Informativa
1980 – FESTIVAL INTERNATIONAL DU FILM DE FEMMES /Bélgica -Melhor Filme
1980 – FEST. INT. NOVO CINE LATINO AM. HAVANA/Cuba – Gran Coral Melhor Filme
1980 – GEORGES SADOUL /Paris – França – Melhor Filme Estrangeiro
1980 – CANNES FILM FESTIVAL – Quinzena de Realizadores /França – Menção Especial FISPRESCI
1980 – CNBB – CONSELHO NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL – Margarida de Prata
1980 – FESTIVAL DE GRAMADO /Brasil – Kikitos de Melhor filme, Roteiro, Cenografia, Música, Ator Coadjuvante (José Dumont)

Parahyba Mulher Macho
1983 – FEST. INT.NOVO CINE LATINO AM. HAVANA /Cuba – Melhor Atriz (Tânia Alves)
1983 – FEST.INT. DE CINE DE CARTAGENA /Colômbia – Melhor Atriz (Tânia Alves)
1983 – FEST. DE CINE IBERO LATINO AM. DE HUELVA /Espanha – Prêmio Especial Júri – Prêmio Associação de Críticos Andaluzia
1983 – FEST.CINE IBERO LATINO AMERICANO BIARRITZ /França- Grande Prêmio do Júri
1983 – FESTIVAL BRASÍLIA – Melhor Filme, Fotografia, Trilha Sonora Cenografia, Som

Patriamada
1985 – FEST.CINE IBERO LATINO AM BIARRITZ /França – Prêmio Makhila d’Honneur
1985 – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINE DE CARTAGENA / Colombia – Melhor Filme